Centro de Excelência para a Redução da Oferta de Drogas Ilícitas

CdE e MJSP lançam curso sobre tráfico de drogas e crime organizado transnacional

O curso on-line e gratuito, que auxilia o desenvolvimento de pesquisas na área de segurança pública, terá lançamento especial para jornalistas

 

Brasília, 14 de novembro de 2022 – O acesso a informações confiáveis e dados atualizados de análises nacionais e internacionais é essencial para fundamentar trabalhos de pesquisa. Com o objetivo de contribuir nesse contexto, compilando especificamente informações sobre o panorama de investigação no tema do tráfico de drogas, o Centro de Excelência para a Redução da Oferta de Drogas Ilícitas (CdE) lança, no dia 22/11, o “Curso Introdutório sobre Tráfico de Drogas e Crime Organizado Transnacional”. O CdE é fruto de parceria entre a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e Gestão de Ativos do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senad/MJSP), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

Dividido em três módulos, com cerca de 2 horas de duração, o curso apresenta conceitos básicos sobre tráfico de drogas e crime organizado transnacional, dados e informações sobre o mercado de drogas ilícitas e, ainda, tendências do mercado de drogas ilícitas, tratando, inclusive, dos impactos da pandemia da covid-19 sobre esta dinâmica. Todo o conteúdo estará disponível na plataforma on-line do UNODC, a Global eLearning, e quem cursar irá receber certificado de conclusão.

O curso será lançado em um evento on-line especialmente voltado a jornalistas, em 22/11, às 10h, via plataforma Teams. As inscrições podem ser feitas  AQUI. Logo após o lançamento estarão abertas as inscrições para o próprio curso.

Temáticas e tópicos

O Módulo 1, “Introdução ao tópico do tráfico de drogas e crime organizado transnacional”, aborda os principais acordos internacionais dos quais o Brasil é signatário; a legislação brasileira de políticas sobre drogas; fluxos financeiros Ilícitos e desafios do Brasil no mercado de drogas transnacional; dados sobre a oferta de drogas no Brasil e em âmbito regional; Novas Substâncias Psicoativas (NPS) e como operam os Sistemas de Alerta Rápido; como as autoridades brasileiras respondem aos crimes transfronteiriços relacionados ao tráfico de drogas; além de como os ativos apreendidos do tráfico de drogas são geridos e utilizados para financiar políticas públicas sobre drogas no Brasil.

O indicador que tem o propósito de reduzir os fluxos financeiros ilícitos no âmbito dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU também é mencionado no curso. Vale lembrar que dentro do ODS 16 (Paz, Justiça e Instituições Eficazes), está a meta 16.4, que prevê, até 2030, reduzir significativamente os fluxos financeiros e de armas ilegais, reforçar a recuperação e devolução de recursos roubados e combater todas as formas de crime organizado.

No Módulo 2 do curso, o foco é a produção e análise de dados e estatísticas sobre o mercado de drogas ilícitas por instituições no mundo todo. A partir de uma perspectiva global, o participante poderá identificar o cenário de tendências que circunda o Brasil, conhecendo em que fontes poderá buscar informações confiáveis sobre o tema. Uma das referências mais abrangentes sobre drogas no mundo é o Relatório Mundial sobre Drogas, produzido pelo UNODC. Na edição de 2022, o documento apresentou uma visão geral sobre a oferta e demanda de opioides, cocaína, cannabis, Novas substâncias Psicoativas (NPS), bem como sobre o impacto do tráfico sobre o meio ambiente.

Este módulo também trata do Cocaine Insights, série produzida pelo UNODC e pela Europa. A quarta edição do relatório, desenvolvida pelo Departamento de Pesquisas e Análises de Tendências do UNODC (Viena) em parceria com o CdE, teve foco na análise de dados do Brasil e de países envolvidos no tráfico de cocaína na região transatlântica.

CdE no Brasil

A atuação do CdE no Brasil também é detalhada no Módulo 2. Com a proposta de contribuir com informações qualificadas sobre a oferta de drogas ilícitas no país, por meio do compartilhamento de evidências científicas sobre os mercados ilícitos, o Centro conta com a expertise da sede do UNODC em Viena e escritórios em diversos países para fortalecer as capacidades estatísticas e analíticas da segurança pública e traçar estratégias de cooperação internacional dentro da temática.

O curso também apresenta e oferece acesso a importantes materiais já produzidos pelo CdE, como os boletins temáticos intitulados “Gestão de Ativos do Tráfico de Drogas – Descapitalização do crime organizado para fortalecer as políticas públicas no Brasil” e “Monitoramento de Preços de Drogas Ilícitas: Lições aprendidas na Colômbia e possíveis desafios no Brasil”; e o estudo estratégico “Covid-19 e tráfico de drogas no Brasil: a adaptação do crime organizado e a atuação das forças policiais na pandemia”.

Tendências

Como o crime organizado se adaptou à pandemia de Covid-19 no Brasil? Quais são as principais substâncias ilícitas detectadas no Brasil? Quais as diferenças entre os atores no mercado de drogas ilícitas e que fatores influenciam na variação de preços de drogas? Estas são algumas das questões enfocadas no Módulo 3 do curso.

Serviço

Lançamento do Curso introdutório sobre tráfico de drogas e crime organizado transnacional

Data: 22/11/2022

Horário: 10h

Transmissão ao vivo pela plataforma Teams. Para se inscrever no evento e garantir sua vaga, acesse AQUI.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish